Dois pensamentos aos leitores e leitoras deste blog.

Dois pensamentos de boas-vindas aos leitores e seguidores deste blog:
- Mesmo que vivas um século, nunca deixes de aprender!!!
- O importante não é saber tudo, e sim, nunca perder a capacidade de aprender!



quinta-feira, 29 de janeiro de 2015


BOM DIA, povo de Deus!



Estamos vivendo a última semana do mês de janeiro.
Deus é o criador do tempo, da história e da vida! Portanto , digamos: Obrigado Deus querido, por este mês de Janeiro que está terminando. Obrigado por tudo!
Que neste mês de Fevereiro, AS CHUVAS CAIAM SOBRE O SERTÃO NORDESTINO e para os estados que estão precisando de água em seus reservatórios...REZEMOS nesta intenção!

---------------------------


LEITURA, SALMO, E O EVANGELHO 

com sua explicação.

Quinta-feira, dia 29/01.




Primeira Leitura (Hb 10,19-25)


Leitura da Carta aos Hebreus.

19Sendo assim, irmãos, temos plena liberdade para entrar no Santuário, pelo sangue de Jesus. 20Ele nos abriu um caminho novo e vivo, através da cortina, quer dizer, através da sua humanidade. 21Temos um grande sacerdote constituído sobre a casa de Deus. 22Aproximemo-nos, portanto, de coração sincero e cheio de fé, com coração purificado de toda má consciência e o corpo lavado com água pura.
23Sem desânimo, continuemos a afirmar a nossa esperança, porque é fiel quem fez a promessa. 24Sejamos atentos uns aos outros, para nos incentivar à caridade e às boas obras. 25Não abandonemos as nossas assembleias, como alguns costumam fazer. Antes, procuremos animar-nos mutuamente, e tanto mais quanto vedes o dia aproximar-se.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.
------------------------------------------------------------------------

Responsório (Sl 23)

— É assim a geração dos que buscam a vossa face, ó Senhor, Deus de Israel.

— É assim a geração dos que buscam a vossa face, ó Senhor, Deus de Israel.
— Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, o mundo inteiro com os seres que o povoam; porque ele a tornou firme sobre os mares, e sobre as águas a mantém inabalável.
— “Quem subirá até o monte do Senhor, quem ficará em sua santa habitação?” “Quem tem mãos puras e inocente coração, quem não dirige sua mente para o crime.
— Sobre este desce a bênção do Senhor e a recompensa de seu Deus e Salvador”. “É assim a geração dos que o procuram, e do Deus de Israel buscam a face.”
------------------------------------------------------------------
Evangelho (Mc 4,21-25)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, Jesus disse à multidão: 21“Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a põe num candeeiro? 22Assim, tudo o que está escondido deverá tornar-se manifesto, e tudo o que está em segredo deverá ser descoberto. 23Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça”. 24Jesus dizia ainda: “Prestai atenção no que ouvis: com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos; e vos será dado ainda mais. 25Ao que tem alguma coisa, será dado ainda mais; do que não tem, será tirado até mesmo o que ele tem”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.
-----------------------------------------------------
EXPLICAÇÃO DO EVANGELHO

Não desanimemos no seguimento de Jesus Cristo .
Não desanimemos no seguimento de Jesus Cristo! Vivamos nesta constante expectativa do Senhor que vem. Por isso não vamos desanimar nem desanimar aos outros!

“Sem desânimo, continuemos a afirmar a nossa esperança, porque é fiel quem fez a promessa” (Hebreus 10, 23).
A Palavra de Deus, dirigida aos nossos corações no dia de hoje, tirada da Carta aos Hebreus, nos chama a atenção para não desanimarmos no seguimento de Jesus Cristo. E aqui “seguimento de Jesus Cristo” não é apenas aquele seguimento ao dizer: “Eu creio em Deus! Eu creio em Jesus e jamais vou deixá-Lo!”.
O fato é que com o passar do tempo, com as ilusões, com as dificuldades e as decepções, muitos de nós acabamos abandonando as coisas e os trabalhos do Senhor. Quantos de nós já servimos o Senhor com mais dedicação e com mais empenho no início; já participamos de grupos de oração, éramos fervorosos nas Missas, na reza do santo terço, enfim, na vivência da Palavra de Deus. Mas, por algum motivo, passamos por decepções ou por dificuldades ou nos deixamos levar por outras ondas que parecem animar mais o nosso coração.
É a Carta aos Hebreus que nos diz hoje: “Não abandonemos as nossas assembleias, como alguns costumam fazer. Antes, procuremos animar-nos mutuamente, e tanto mais quanto vedes o dia aproximar-se” (Hebreus 10, 25). Pelo contrário, vamos nos animar uns aos outros para sermos firmes e perseverantes até o Dia do Senhor.
Algumas vezes, nós convivemos, no trabalho, na escola ou no mundo, com pessoas que já foram do Senhor e depois esfriaram no seu amor e na sua prática cristã e muitas nos contaminaram com seu desânimo. E nós também, quando estamos desanimados, chateados e esmorecidos pelas decepções pelas quais passamos, queremos contagiar os outros, algumas vezes de forma consciente, outras de forma inconsciente. Desse modo, nós passamos a semente do desânimo para o outro. A pessoa tinha até vontade e gosto de participar das coisas de Deus, mas não vai mais por escutar tantas críticas.
Eu vejo, frequentemente, as pessoas falarem assim: “Eu estudei em um colégio de freira! Eu estudei em um colégio de padres! Eu sei tudo da Igreja, então já a frequentei bastante, não preciso mais fazer isso!“. Não caia nessa terrível tentação, não caia nesse terrível engano! Nós não podemos abandonar as assembleias (que quer dizer não abandonar as coisas de Deus, os compromissos com Ele). Pode ser que, com o tempo, tenhamos outros compromissos e a nossa família exija mais de nós e já não possamos fazer tantas coisas como antes, mas não podemos abrir mão do essencial!
Se você era do grupo de oração, encontre novamente tempo para frequentá-lo, para fazer um grupo de oração acontecer; você não precisa ser o coordenador, mas vá lá afervorar o seu espírito. Se você participava de um grupo de reflexão da Palavra, se não pode ir neste ou naquele grupo, então faça-o nem que seja na sua casa, mas afervore e viva a dinâmica do Reino de Deus!
Eu nem posso pensar que, de repente, você não tenha tempo nem para ir à Missa semanal, a chamada Missa Dominical; esta nenhum de nós pode abrir mão de forma absoluta, porque a Missa, no dia do Senhor, é aquela que nos prepara para “o” Dia do Senhor [segunda vinda de Jesus]!
Vivamos nessa constante expectativa do Senhor que está por vir, por isso não vamos desanimar nem vamos desanimar aos outros; pelo contrário, vamos animá-los para que, juntos, possamos ir ao encontro do Senhor que vem!
Deus abençoe você!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Liturgia da Palavra - Terça-feira, dia 27/01.

LITURGIA DA PALAVRA - Terça-feira, dia 27/01.



Leitura / Salmo / Evangelho e sua explicação.


Comentário Inicial:
Fazer a vontade de Deus consiste em ouvir e viver a sua palavra. Assim procedendo, formamos a grande família de Jesus, o qual nos santificou pela sua fidelidade ao Pai.

Primeira Leitura (Hb 10,1-10)
Leitura da Carta aos Hebreus.

Irmãos, 1a Lei possui apenas o esboço dos bens futuros e não o modelo real das coisas. Também, com os seus sacrifícios sempre iguais e sem desistência repetidos cada ano, ela é totalmente incapaz de levar à perfeição aqueles que se aproximam para oferecê-los.
2Se não fosse assim, não se teria deixado de oferecê-los, se os que prestam culto, uma vez purificados, já não tivessem nenhuma consciência dos pecados? 3Mas, ao contrário, é por meio desses sacrifícios que, anualmente, se renova a memória dos pecados, 4pois é impossível eliminar os pecados com o sangue de touros e bodes.
5Por isso, ao entrar no mundo, Cristo afirma: “Tu não quiseste vítima nem oferenda, mas formaste-me um corpo.6Não foram do teu agrado holocaustos nem sacrifícios pelo pecado. 7Por isso eu disse: Eis que eu venho. No livro está escrito a meu respeito: Eu vim, ó Deus, para fazer a tua vontade”.
8Depois de dizer: “Tu não quiseste nem te agradaram vítimas, oferendas, holocaustos, sacrifícios pelo pecado” – coisas oferecidas segundo a Lei –, 9ele acrescenta: “Eu vim para fazer a tua vontade”. Com isso, suprime o primeiro sacrifício, para estabelecer o segundo. 10É graças a esta vontade que somos santificados pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, realizada uma vez por todas.

- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.
-------------------------------------------------------------------------

Responsório (Sl 39)


— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Esperando, esperei no Senhor, e inclinando-se, ouviu o meu clamor. Canto novo ele pôs em meus lábios, um poema em louvor ao Senhor.
— Sacrifício e oblação não quisestes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados. E então eu vos disse: “Eis que venho!”
— Boas novas de vossa justiça anunciei numa grande assembleia; vós sabeis não fechei os meus lábios.
— Proclamei toda a vossa justiça, sem retê-la no meu coração; vosso auxílio e lealdade narrei. Não calei vossa graça e verdade na presença da grande assembleia.
--------------------------------------------------------------------------------

Evangelho (Mc 3,31-35)


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 31chegaram a mãe de Jesus e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. 32Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à tua procura”.
33Ele respondeu: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 34E olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.
-------------------------------------------------- 

EXPLICAÇÃO DO EVANGELHO

Aprendamos com Maria a sermos discípulos de Jesus
Aprendamos com Maria a sermos discípulos de Jesus! Ela é a discípula por excelência do Senhor, e como ela precisamos nos tornar também discípulos d’Ele! 
“Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe” (Marcos 3, 35).
Ao redor de Jesus se comprime uma multidão, sentada ao redor d’Ele para escutá-Lo e se alimentar de Suas palavras e de Seus ensinamentos. Aquela multidão tem sede e fome de escutar o Senhor, de se alimentar de Suas palavras. Mas, por outro lado, alguns dizem que lá fora estava a Mãe e os irmãos d’Ele O chamando. E Jesus estabelece a prioridade das relações humanas com Ele, a qual também deve regular a nossa vida: “Quem é minha mãe, quem são meus irmãos?” São aqueles que, antes de tudo, ouvem a Sua Palavra e fazem a vontade de Deus!
Deixe-me dizer uma coisa a você: não é surpresa a nenhum de nós que muitos dos parentes de Jesus não O ouviam, não O compreendiam e achavam que Ele estava louco, desvairado, um pouco fora de si e, muitas vezes, tentaram arrancá-Lo [de Sua missão]. Alguns podem achar que até a Mãe de Jesus fazia isso, mas não é verdade; Maria foi a primeira discípula do seu Filho, foi ela quem mais O escutou ainda no seu ventre, quando Ele era apenas um bebê, um feto dentro dela, ela escutava o coração d’Ele bater, escutava os primeiros impulsos humanos d’Ele. Foi ela a primeira a escutar Sua voz.
E se Jesus aprendeu a falar, foi com a Mãe d’Ele; do mesmo modo se Ele aprendeu a andar foi com ela. Foi ela quem O lavou e quem cuidou d’Ele, ela foi, com o tempo, compreendendo e entendendo que esse Menino tinha uma missão divina.
Nós só não podemos entender que a missão de Maria seja apenas uma missão biológica, assim como a missão de qualquer mãe não é apenas biológica. A missão de uma mãe não é apenas gerar um filho e o entregar para o mundo. A missão de toda mãe é gerar, educar, cuidar e acompanhar o filho e ser mãe dele até a eternidade! Com a Mãe de Jesus não foi diferente; ela criou, educou, formou e depois se tornou discípula do seu Filho.
Nós, hoje, queremos olhar para Maria e aprender o segredo dela para também seguirmos Jesus. Nossa Senhora carregou Jesus nos seus braços por toda a vida, desde o nascimento d’Ele na gruta de Belém até quando o corpo d’Ele desceu do calvário, desceu da cruz, morto, estava nos braços dela. Ela escutou as palavras do Filho e escutou o silêncio d’Ele; escutou Seus primeiros gemidos e escutou os gemidos finais. Por isso Maria é a discípula por excelência do Senhor, e precisamos nos tornar também discípulos d’Ele!
Não basta ser somente batizado, crismado e ir à Santa Missa todos os domingos. Ótimo, estes são os passos primeiros e necessários, mas se não dermos o passo posterior, que é escutá-Lo a cada dia, nós não conseguiremos ser Seus discípulos.
Quanta gente de Igreja há que até fala de Jesus, O anuncia, prega em Seu nome, mas não O escuta nem tem tempo para estar aos Seus pés, não tem tempo para meditar Sua Palavra e para escutá-la. Por isso essas pessoas se tornam discípulas ineficazes naquilo que fazem. A primeira característica do discípulo de Jesus é escutá-Lo e fazer a vontade do Pai!
Que Maria, a discípula por excelência do Senhor, que fez tão bem esse discipulado, nos ensine a sermos discípulos do seu Filho!
Deus abençoe você!

Padre Roger Araújo

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

BOM DIA, filhos amados de Deus!
Rezemos à Maria, nossa querida Mãe!



Senhora Aparecida, em teu coração de Mãe desejo me sentir protegido por tua bênção!
Acolha-me com um abraço e ensina-me que o amor a seu Filho é caminho seguro para a Paz.
Ó Mãe querida,que com as mãos postas intercede sem cessar por seus filhos e filhas, conduza-me a um caminho de paz, capaz de fazer-me cada vez mais santo por meio da graça divina!
Que o meu testemunho como cristão leve-me a ser "sal da terra" e "luz do mundo" para os meus irmãos e minhas irmãs.
Por fim, peço que a tua luz me ilumine agora e sempre. Assim seja.
------------------------------------------- 
Autor da Oração: Pe. Alessandro Campos


------------------------------------------------ 

LITURGIA DIÁRIA:
Leitura, Salmo e o EVANGELHO DO DIA com sua explicação.
2ª Semana Comum - Quinta-feira 22/01/2015
 


---------------------------------------------------------
Primeira Leitura (Hb 7,25–8,6)
Leitura da Carta aos Hebreus.
Irmãos, 25Jesus é capaz de salvar para sempre aqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus. Ele está sempre vivo para interceder por eles.
26Tal é precisamente o sumo sacerdote que nos convinha: santo, inocente, sem mancha, separado dos pecadores e elevado acima dos céus. 27Ele não precisa, como os sumos sacerdotes, oferecer sacrifícios em cada dia, primeiro por seus próprios pecados e depois pelos do povo. Ele já o fez uma vez por todas, oferecendo-se a si mesmo.
28A Lei, com efeito, constituiu sumos sacerdotes sujeitos à fraqueza, enquanto a palavra do juramento, que veio depois da Lei, constituiu alguém que é Filho, perfeito para sempre. 8,1O tema mais importante da nossa exposição é este: temos um sumo sacerdote tão grande, que se assentou à direita do trono da majestade, nos céus. 2Ele é ministro do Santuário e da Tenda verdadeira, armada pelo Senhor, e não por mão humana.
3Todo sumo sacerdote, com efeito, é constituído para oferecer dádivas e sacrifícios; portanto, é necessário que tenha algo a oferecer. 4Na verdade, se Cristo estivesse na terra, não seria nem mesmo sacerdote, pois já existem os que oferecem dádivas de acordo com a Lei. 5Estes celebram um culto que é cópia e sombra das realidades celestes, como foi dito a Moisés, quando estava para executar a construção da Tenda. “Vê, faze tudo segundo o modelo que te foi mostrado sobre a montanha”. 6Agora, porém, Cristo possui um ministério superior. Pois ele é o mediador de uma aliança bem melhor, baseada em promessas melhores.
- Palavra do Senhor.
- Graças a Deus.
-------------------------------------------------------------------------------------------

Responsório (Sl 39)
— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!
— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Sacrifício e oblação não quisestes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados, e então eu vos disse: “Eis que venho!”
— Sobre mim está escrito no livro: “Com prazer faço a vossa vontade, guardo em meu coração vossa lei!”
— Boas novas de vossa justiça anunciei numa grande assembleia; vós sabeis: não fechei os meus lábios!
— Mas se alegre e em vós rejubile todo ser que vos busca, Senhor! Digam sempre: “É grande o Senhor!” os que buscam em vós seu auxílio.
-------------------------------------------------------------------------------------------
Evangelho (Mc 3,7-12)



— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 7Jesus se retirou para a beira do mar, junto com seus discípulos. Muita gente da Galileia o seguia. 8E também muita gente da Judeia, de Jerusalém, da Idumeia, do outro lado do Jordão, dos territórios de Tiro e Sidônia, foi até Jesus, porque tinham ouvido falar de tudo o que ele fazia. 9Então Jesus pediu aos discípulos que lhe providenciassem uma barca, por causa da multidão, para que não o comprimisse.
10Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. 11Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: “Tu és o Filho de Deus!” 12Mas Jesus ordenava severamente para não dizerem quem ele era.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.
--------------------------------------------------------------

EXPLICAÇÃO DO EVANGELHO:

Só Jesus pode curar as enfermidades da nossa alma
Jesus é o remédio vivo para as nossas dores e para as nossas enfermidades, sobretudo aquelas que sofremos no nosso íntimo, na nossa alma e nosso coração.
“Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: ‘Tu és o Filho de Deus!’” (Marcos 3, 11).
Por onde Jesus passava, multidões iam ao Seu encontro. Eram pessoas doentes, enfermas, atormentadas, sofridas e machucadas pela vida, que, de alguma forma, queriam tocá-Lo e ouvir Suas palavras. Queriam encontrar um remédio, um cuidado para o seu sofrimento. Eles encontravam no toque, na acolhida, na ternura e na Palavra de Jesus consolo, conforto e cura para suas aflições.
Jesus era o remédio vivo para o Seu povo! Jesus é o remédio vivo para as nossas dores e para as nossas enfermidades, sobretudo aquelas que sofremos no nosso íntimo, na nossa alma e nosso coração, que tantas vezes se machucam com os espinhos da vida, com as situações dolorosas que vivemos a cada dia.
Nós precisamos ir ao encontro de Jesus, precisamos nos deixar ser tocados pela Sua Palavra, precisamos deixar que Suas palavras nos toquem, também nos curem e sejamos por elas restaurados! Até os demônios tremem, correm e caem aos pés de Jesus gritando e clamando que Ele é o Filho de Deus.
Sabem, meus irmãos, existem muitos males que nos atormentam, existem muitos espíritos que estão nos rodeando, tirando nossa paz interior e tirando a nossa alegria de viver.
O mau humor bate à nossa porta, a tristeza vem ao nosso encontro, os dissabores interiores, que se formam dentro de nós, causam confusão em nosso interior e nos deixam, muitas vezes, pessoas ranzinzas, mal-humoradas, chatas e incompreensivas umas com as outras.
Nós precisamos repelir, precisamos colocar para fora de nós os espíritos que não nos permitem sermos presença de Jesus para os outros! Chegamos a dizer: “Ah, eu não consigo! Muitas vezes esses tormentos são maiores do que eu!”. Coloque aos pés de Jesus aquilo que atormenta a sua vida, coloque aos pés do Senhor aquilo que tira a sua paz interior e a sua alegria de viver.
Consagre tudo a Jesus, entregue-Lhe no dia de hoje, aquilo que não lhe permite viver plenamente o seu ser filho e filha de Deus.
Os espíritos tremem, correm da presença de Jesus. Por isso precisamos nos colocar na presença do Senhor, ser absolvidos e tocados por Ele; por isso precisamos nos alimentar da Sua Palavra, nos encher do Seu Espírito, por isso precisamos adorá-Lo em espírito e em verdade. Este é o meio mais eficaz de exorcizarmos e de afugentarmos os espíritos malignos que nos atormentam!
Deus abençoe você!
Padre Roger Araújo


terça-feira, 20 de janeiro de 2015




.


HOJE, 20/01, A IGREJA CELEBRA O MÁRTIR SÃO SEBASTIÃO.



Fé em São Sebastião segue renovada nos 450 anos do Rio

Católicos e devotos de religiões afro-brasileiras festejam data.
Estácio de Sá, fundador da cidade, era devoto do santo.

Cristina BoeckelDo G1 Rio
A Cidade Maravilhosa traz em sua origem a imagem de um jovem que teve o corpo cravejado por flechas. Foi com a alcunha de seu padroeiro que a terra de encantos mil, ao ser fundada, foi batizada São Sebastião do Rio de Janeiro. Em homenagem aos 450 anos do Rio e ao dia do seu patrono, comemorado em 20 de janeiro, o G1 ouviu religiosos para saber o que mantém renovada a fé do carioca no santo, cuja devoção é herança portuguesa. Segundo eles, o espírito guerreiro seria o elo de identificação do povo com o beato.

Para o frei Cassiano Gonçalves, as pessoas que nasceram ou que adotaram o Rio como lugar para morar se identificam com São Sebastião no dia a dia. “O povo carioca é um povo guerreiro, que enfrenta a vida, que não tem medo. Essa força vem de Deus, mas o modelo do santo, que enfrentou as batalhas e testemunhou sua fé é identificado pelos cariocas. Esta coragem de enfrentar a dor, o desalento e as perseguições. Acho que o povo carioca, independentemente de sua denominação religiosa, se identifica com esta força, essa vontade de ir adiante”, disse.
Mártir cristão
Sebastião nasceu na França em meados do século II. Com a família, ele se mudou para a Itália e passou a integrar a guarda do Império Romano. Convertido ao Cristianismo e ferrenho defensor de sua fé, despertou a ira do imperador Diocleciano, que empreendeu sangrenta perseguição aos cristãos.
Ao afirmar diante do imperador ser temente a Cristo, o jovem soldado foi amarrado em um tronco e atacado com flechas pelos arqueiros da guarda. Dado como morto, teve o corpo abandonado no local de seu primeiro martírio. Foi salvo por uma mulher, reconhecida pela Igreja Católica como Santa Irene. Ela percebeu que ele estava vivo ao recolher o corpo para prepará-lo para o enterro.
O povo carioca é um povo guerreiro, que enfrenta a vida, que não tem medo. Essa força vem de Deus, mas o modelo do santo, que enfrenta as batalhas e testemunhou sua fé é identificado com os cariocas"
Frei Cassiano Gonçalves,
frade capuchinho
Recuperado, Sebastião se apresentou diante do imperador e novamente reafirmou a sua fé. Diocleciano determinou a sumária execução do servo, então proclamado traidor. Espancado até a morte, o beato teve o corpo jogado em uma vala. Atualmente, seus restos mortais estão enterrados na catacumba que leva seu nome, em Roma.

Devoção em Portugal
A devoção a São Sebastião se difundiu entre os cristãos, que atribuem a ele milagres de cura e de proteção em batalhas. Ela foi trazida para o Brasil com as primeiras expedições portuguesas por influência do rei Dom Sebastião de Avis, nascido em 20 de janeiro e batizado em homenagem ao santo.
Estácio de Sá, fundador do Rio de Janeiro, era um dos devotos de São Sebastião. Ele mandou construir uma capela em homenagem ao santo tão logo aportou na Baía da Guanabara. Ela foi erguida onde hoje é a Praia Vermelha. Dois anos após a fundação do Rio, em 1567, a capela serviu como túmulo ao próprio Estácio.
Comparação da imagem de São Sebastião após o restauro com uma das aparências anteriores da estátua. (Foto: Cristina Boeckel/ G1)Comparação da imagem de São Sebastião após o restauro com uma das aparências anteriores (Foto: Cristina Boeckel/ G1)
Lutar está na gênese do carioca, diz Cardeal
Para o cardeal Dom Orani Tempesta, a luta faz parte da alma dos moradores do Rio. “São Sebastião é alguém que foi firme, que mesmo com a perda do cargo de soldado, com a tentativa de martirizá-lo com flechas, não conseguiram derrotá-lo. Ele é um forte. É uma história de esperança e acho que o carioca é bem isso. Os cariocas enfrentam as dificuldades, sabem conviver com os problemas e não desanimam. É algo que está na sua gênese, como aquilo que São Sebastião viveu”.

O cardeal do Rio explica que o santo passa uma mensagem para os cariocas nunca desistirem de seus sonhos. “São Sebastião leva às pessoas uma palavra de paz e de esperança para que, assim como ele, possamos ter confiança e não desanimar com os problemas”.

Representação na umbanda
São Sebastião também possui representação nas religiões afro-brasileiras. Filiada à Federação de Umbanda, Candomblé e demais Cultos Afro-Brasileiros (FBU), a pesquisadora da cultura negra Dayse Freitas conta que o santo tem importância como orixá.

“São Sebastião é muito importante para a cidade e para o candomblé e a umbanda. No Rio, ele é Oxóssi e representa fartura, prosperidade e riqueza. Como ele vive na mata, está relacionado ao bem estar da saúde, a uma vida natural, e à preservação da natureza”, conta Dayse.

Programação
Imagens do santo podem ser vistas em várias capelas e igrejas dedicadas ao santo na cidade. Porém, a primeira estátua de São Sebastião trazida para o Brasil fica na Paróquia de São Sebastião dos Frades Capuchinhos, na Tijuca, Zona Norte. A igreja, localizada na Rua Haddock Lobo, 266, terá missas de hora em hora nesta terça-feira (20) a partir das 5h. A missa das 10h será celebrada pelo cardeal Dom Orani Tempesta. Às 16h, acontece a tradicional procissãom que sairá da paróquia em direção à Catedral Metropolitana, no Centro, onde acontecerá o Auto de São Sebastião. A imagem histórica, que foi restaurada, será conduzida durante o cortejo.

Além das homenagens ao santo, a igreja oferece atrações para quem gosta de história. Os frades capuchinhos são responsáveis por guardar algumas das mais importantes lembranças da fundação do Rio: a pedra fundamental da fundação da cidade, o túmulo que guarda os restos mortais de Estácio de Sá, que fica diante do altar principal, e a imagem de São Sebastião que teria sido trazida pelo fundador da cidade.
Como o G1 mostrou com exclusividade na véspera do Natal, a imagem passou por uma restauração e está mais próxima daquela que teria sido trazida na esquadra de Estácio de Sá. Exames comprovaram que a imagem é do século XVI. A exibição da imagem, que foi restaurada com a ajuda de ofertas de fiéis e dos frades capuchinhos, é um dos pontos altos da festa.
“A restauração foi como cavar a história. Ela tinha cerca de dez camadas de tinta. Cada qual com a sua peculiaridade. Algumas não condiziam com a peça, mas outras traziam registros de sua época. A ideia é que cada cidadão possa conhecer esta história. Faz parte da nossa gênese e é relembrar suas raízes”, afirma o frei Cassiano Gonçalves, que participou do projeto de recuperação da imagem ao lado da restauradora Graça Costa.
tópicos:

sábado, 17 de janeiro de 2015

Veja o que foi notícia na semana em que o Papa visitou a Ásia

COMUNICADO:

Turma amiga, há dois meses que não consigo abrir o meu hotmail... Temporariamente, aqui está o novo endereço eletrônico:

lusmarleitepaz@gmail.com
----------------
Domingo, Dia do Senhor!


Teremos MISSAS neste final de semana em 

Aracoiaba.


Sábado, às 19h


Domingo, às 7h e 19h


Domingo à noite, missa celebrada pelo Pe. 

Fábio, filho de Aracoiaba.

------------------------




DESTAQUES CN

Veja o que foi notícia na semana 

em que o Papa visitou a Ásia.






Viagem do Papa à Ásia, prisão do ex-diretor da Petrobrás e revelação da autoria de atentado em Paris estão entre os destaques
Da Redação
Da esquerda para a direita: papa e o presidente das Filipinas, Nestor Cerveró e um grupo de bispos que visitou a Terra Santa / Foto: Montagem (CTV. Agência Brasil e Patriarcado de Jerusalém)
Da esquerda para a direita: papa e o presidente das Filipinas, Nestor Cerveró e um grupo de bispos que visitou a Terra Santa / Foto: Montagem (CTV,  Agência Brasil, Patriarcado de Jerusalém)
A volta do Papa Francisco ao continente asiático foi um dos assuntos mais comentados dessa semana de 12 a 16 de janeiro. Francisco levou mensagens de amor, reconciliação e paz ao Sri Lanka, país de minoria católica, e às Filipinas, que, em contrapartida, é o maior país católico do continente.
No Sri Lanka, o grande destaque foi para a canonização do primeiro santo do país: São José Vaz. Nas Filipinas, o encontro com as famílias nesta sexta-feira, 16, reuniu cerca de 20 mil pessoas com o Bispo de Roma. A semana do Papa, porém, ainda não terminou. Francisco segue em viagem nas Filipinas até domingo, 18.
No Brasil, chamou a atenção a prisão do ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró. E na Itália, Giorgio Napolitano anunciou sua renúncia à presidência, após quase nove anos de mandato. Confira, abaixo, os principais destaques:
Papa

Papa viaja ao Sri Lanka e Filipinas, sétima viagem internacional

Papa Francisco iniciou na segunda-feira, 12, a sétima viagem internacional de seu pontificado. No Sri Lanka, canonizou o primeiro santo do país, São José Vaz. Nas Filipinas, deixou mensagens para as famílias e deve se reunir com os jovens. Confira a cobertura completa da viagem.

Papa se reúne com embaixadores e destaca dramas sociais

Na segunda-feira, 12, antes de viajar para o Sri Lanka, Papa Francisco se encontrou com os embaixadores junto à Santa Sé. Terrorismo, guerra civil na África e refugiados foram algumas das realidades analisadas pelo Papa. Pontífice também frisou exemplos da cultura do encontro. Leia mais.
Brasil

Padre naturalizado brasileiro pode ser futuro beato

Terá início dia 24 de janeiro a fase diocesana do processo de beatificação e canonização do padre Júlio Maria de Lombaerde, missionário belga naturalizado brasileiro. O bispo diocesano de Caratinga (MG), Dom Emanuel Messias de Oliveira, é o responsável pelo início do processo. Leia mais.

Ex-diretor da Petrobras é preso pela Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) prendeu, nas primeiras horas da madrugada desta quarta-feira, 14, o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, quando o executivo desembarcava no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio, procedente de Londres, na Inglaterra. Leia mais.

Aumento de impostos pode prejudicar economia, dizem especialistas

Os reajustes que são esperados do segundo governo Dilma Rousseff causam preocupação e podem prejudicar a economia brasileira que já caminha a passos lentos. É o que dizem especialistas do setor. Assista à reportagem.

Anvisa aprova uso de canabidiol como medicamento

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta quarta-feira, 14, por unanimidade, a reclassificação do canabidiol como medicamento de uso controlado e não mais como substância proibida. A decisão foi tomada durante reunião da diretoria colegiada na sede da agência, em Brasília. Leia mais.
Mundo

Al Qaeda assume autoria de atentado a jornal de Paris

A Al Qaeda no Iêmen assumiu a responsabilidade pelo ataque ao jornal de sátiras francês Charlie Hebdo, afirmando que a ação foi uma resposta a insultos contra o profeta Maomé, de acordo com um vídeo publicado no YouTube. Leia mais.

Delegação de bispos visita cristãos na Terra Santa e Faixa de Gaza

Bispos de vários países concluíram na quinta-feira, 15, uma visita de cinco dias a comunidades cristãs para conhecer de perto a realidade dos que foram afetados pelo conflito entre Israel e Palestina. Leia mais.

Navio encontra fuselagem de avião da AirAsia no mar de Java

Uma embarcação militar localizou nesta quarta-feira, 14, a fuselagem do avião da AirAsia que caiu há mais de duas semanas no litoral da Indonésia, aumentando as esperanças de que sejam encontrados mais corpos de vítimas da tragédia. Leia mais.

----------------------------










Sábado é dia de louvarmos 


AQUELA que gerou o Sol da 

Justiça,JESUS,o Verbo eterno de Deus.


Salve Maria,templo e sacrário da Santíssima 

Trindade!




Bom dia, meus irmãos!

Deus nos abençoe pelas mãos de Sua e nossa 

Mãe, Maria Santíssima!

Um abraço,

Lusmar Paz.