Dois pensamentos aos leitores e leitoras deste blog.

Dois pensamentos de boas-vindas aos leitores e seguidores deste blog:
- Mesmo que vivas um século, nunca deixes de aprender!!!
- O importante não é saber tudo, e sim, nunca perder a capacidade de aprender!



sábado, 12 de setembro de 2009

Festa da Independência na cidade de Aracoiaba

FESTA CÍVICA DE 7 DE SETEMBRO NA CIDADE DE

ARACOIABA - CEARÁ


Conforme o prometido, aqui estão 74 fotos da Festa Cívica ocorrida no dia 06 de setembro de 2009, em nossa acolhedora cidade de Aracoiaba.

Como já fora anunciado neste blog, não nos foi possível nominar as escolas em sua sequência de ordem no referido desfile, pois tivemos problemas de energia elétrica minutos antes do início da Festa Cívica. Com este impasse os fotógrafos sentiram dificuldades na captação e nitidez nas fotografias, todavia,fizemos o que estava ao nosso alcance para trazer a todos os visitantes deste blog o "entusiasmo e o espirito de civismo "de nossas crianças, adolescentes, jovens e adultos retratados nas fotos abaixo.

Nosso agradecimento especial ao apoio e ao incentivo recebidos na elaboração desse trabalho, da nossa Superintendente do Patrimônio Histórico e Cultural de Aracoiaba , Dra. Rosemary Santana Matos; aos fotógrafos e amigos Roberto e Joseni e ao técnico em computação, Sitonir de Oliveira. A esta turma maravilhosa, a gratidão e o reconhecimento de nossa parte.


Fraternalmente, Lusmar Paz




Palanque Oficial – Expectativa das Autoridades...



Palanque Oficial:
Vice-Prefeito e o Presidente da Câmara dos Vereadores



Banda do Ginásio Escola Normal Virgílio Távora (GVT) ,se aproximando do Planque Oficial.




Talentosa Banda do GVT




Banda do GVT com todo seu entusiasmo e espírito cívico.




Bandeira de nossa Pátria transportado por um jovem soldado do nosso glorioso exército brasileiro.




Guarda de Honra apresentando os pavilhões do Brasil, Ceará e Aracoiaba, às autoridades presentes no Palanque Oficial.





Concentração do nosso querido povo aguardando com espectativa a chegada das Escolas...





Pelotão de Adolescentes desfilando sob " a admiração e os aplausos" dos aracoiabenses.



Nosso povo é convidado ao exercício constante e renovado no campo do “aprendizado”...





Faixa mostrada às autoridades defronte ao Planque Oficial.





Homenagem ao Aniversário de Emancipação Política de Aracoiaba.

Nossa terra Aracoiaba: 119 Anos de história, fazendo história , dentro da história.





Homenagem ao Hino Oficial do Município de Aracoiaba, nossa terra natal, pela Escola Municipal Osvino de Freitas.

Letra e Música do nosso saudoso amigo Prof. Dr. Salomão Alves de Moura Brasil




Vamos acompanhar a riqueza do conteúdo - de maneira sintética - da letra do Hino Oficial de Aracoiaba
.


HINO

Hino é uma composição poética e musical patriótica, que é aceita pelo governo de um país, de um estado ou de um município, como a música oficial deste.

O hino também pode ser de espírito patriórico ou religioso, quando escrito especificamente para louvor ou adoração tipicamente endereçado a um deus ou outra personalidade. Além dos hinos religiosos e patrióticos, existem também os desportivos e outros.

Igualmente importante na avaliação dos hinos é a música para a qual se fez a letra. Ao nos referirmos à qualidade da melodia, observamos que algumas são musicalmente superiores a outras. Há nos hinários melodias que são verdadeiras obras de arte, como é o caso do Hino do Município de Aracoiaba.


"Aracoiaba, deu-te o nome, um rio ameno e tão sereno ,a te banhar;"

Essa estrofe enfatiza que o nome do Município de Aracoiaba se originou do nome do Rio Aracoiaba, que banha a região.


"E docemente, canta à sombra, o passaredo, no arvoredo, a te saudar;"

Aqui o autor faz alusão ao significado indígena da toponímia de origem TUPÍ:

ARA=LUGAR

COY=CANTO

ABA=AVES (Aracoiaba=lugar onde as Aves cantam ou lugar do canto das aves, por ser a cidade uma referência singular pelo canto de seus pássaros. Também historicamente fortalece a PRESENÇA indígena na região, enfatizando NOSSAS ORIGENS.


Painel enaltecendo o passaredo, o arvoredo, a saudar Aracoiaba...



Ó boa terra, de meus pais,

Quem te visita não te esquece mais,

Nos dois primeiros versos do estribilho, Dr. Salomão reforça a hospitalidade do aracoiabense que segundo a tradição é tamanha, que lembra o dito popular regional: “Quem bebe da água do Rio Aracoiaba, jamais esquece e volta”. Isso também é uma alusão e um chamamento aos valores do meio ambiente, lembrando que na origem, as águas não eram poluídas....





E eis o porque do teu valor,

É que ofereces muito mais amor.

Nesses dois últimos versos do estribilho, o autor engrandece a força do AMOR, justificando as razões porque as pessoas ao visitar nossa cidade, sentem vontade de voltar. Dr. Salomão em toda e qualquer ocasião, faz questão de demonstrar que o AMOR é imprescindível na vida.



"A Pedra Aguda,Monolito, Terciário,Legendário,lá no sertão,"

Aqui ele deixa fluir seus altos conhecimentos históricos e geográficos e chama a atenção das Eras Geológicas que marcam e definem a existência histórica de uma região, através do estudo de seu solo. Quando ele fala Legendária, está se referindo às lendas do passado, a cerca da Pedra Aguda e quando diz lá no Sertão, refere-se à localização geográfica da Pedra Aguda.




Foto de Dr. Salomão ao lado do quadro da Pedra Aguda - Museu em Aracoiaba.



Como atalaia, é referência, ao viandante, ao navegante, na imensidão;

Nesses três versos, ele se refere ao marco da Pedra Aguda como Ponto de Referência regional não somente para quem circula por terra, mas também como ponto de referência para a Aviação, quando se observa Aracoiaba na imensidão dos ares. Como amante da aviação, ele registrou aqui, sua veia de Piloto.





Esseas crianças trajadas de príncipe e princesa, falam de uma das lendas atribuídas a Pedra Aguda.


É o braço forte do teu filho exuberante, que constante,ergue o porvir;

Com esse chamamento, ele convoca a todos para terem coragem de lutar por dias melhores para o nosso povo. É uma forma sutil, discreta e delicada de dizer: “Vamos gente, coragem! Vá em frente, não desista. Eu estou fazendo a minha parte, faça a sua também.

Dr. Salomão sempre valorizou muito o trabalho voluntário e de equipe. Gostava muito de citar a organização de um formigueiro para construir sua comunidade e nesses versos ele deixou esse sentimento bem definido.




E, corajoso, diz um “Sim!”,Mais uma vez,Com altivez, “Sim!”

Ao progredir.

Aqui é o arremate final de seu exemplo de coragem em que ele deixa fluir seu incentivo a sempre procurar dizer “SIM ao Progredir " e quando tiver que dizer “NÃO”, que seja com sabor de “SIM”.

UMA ESPECIALIDADE DELE.

EXPLICAÇÃO DO HINO DE ARACOIABA:

FONTE DE PESQUISA: ARQUIVOS DE DR. SALOMÃO ALVES DE MOURA BRASIL, AUTOR DO HINO;

RESPONSÁVEL PELA PESQUISA e comentário do Hino: Dra. Rose Mary Santana Matos.



Os fogos anunciam a chegada triunfal do Ginásio Escola Normal Virgílio Távora, a última Escola a desfilar e a fechar com chave de Ouro, a Festa da Independência na cidade de Aracoiaba
.
(Lamentavelmente as fotos dos vários pelotões do Ginásio Virgílio Távora, não ficaram nítidas, por isso mesmo não as colocamos neste Blog)


Ou vc está falando da F1000? Essa é da Ford ano 1994 e só foi fabricada nesse anos, é a chamada “Cabine e meia”, pois tem carroceria das de uma boléia e tem boleia das de carroceria pequena. Mas essa não tem a história igual ao Impala.

F1000 - Carro que pertenceu ao saudoso Dr. Salomão . Comprado em 1994. Desde ano em diante, todas as festas cívicas de 7 de setembro, ele fazia questão de levar as criançinhas nesse seu velho amigo F1000.
Esse carro tem história, pois há 15
fez uso dele para trazer o progresso para a educação no Município de Aracoiaba.



A família GVTista presta uma homenagem a cidade de Aracoiaba , pela passagem dos seus 119 anos de Emancipação Política.



Este pelotão de ex-alunos do GVT levaram às ruas de Aracoiaba, alguns objetos preciosos que estão guardados em nosso museu aracoiabense.



Homanegem ao Museu Histórico de Aracoiaba -
Ex-alunos conduzem objetos do museu...
Este jovem vestido de terno é o filho mais novo de Dr. Salomão, o advogado Dr. João A. de Moura.
Esta criança ao lado do Dr. João é a neta de Dr. Salomão.
Dr. João está conduzindo a espada que pertenceu ao seu pai.

A importância desta espada na vida de Dr. Salomão.

Ao final do Curso de Formação de Oficiais, em formatura solene, os Cadetes da Academia de Polícia Militar, após entregarem seus espadins, recebiam a espada prestando o compromisso do Aspirante-a-Oficial.

A ESPADA de Dr. Salomão aqui APRESENTADA É PARTE DOS ARQUIVOS dele, A QUAL ele FEZ JUZ NA SUA FORMAÇÃO JESUÍTICA, POIS A IDADE dele no INGRESSO NAQUELA CASA DE ESTUDOS, coincidiu com o momento do ingresso no Serviço Militar. A FORMAÇÃO RELIGIOSA dos Jesuitas, era equivalente AO CUMPRIMENTO DO SERVIÇO MILITAR. Todos os seminarista que estavam nos Jesuítas na fase correspondente ao serviço militar, cumpriam todas as regras e assim também havia o momento de receber a espada, como acontece no Serviço Militar. Essa espada foi comprada por ele, com a ajuda de sua mãe, ele muito se orgulhava de sua espada, como prova do dever cumprido também com a Pátria.


(Depoimento na íntegra de Dra. Rosemary)




Objetos do Museu mostrados ao povo na Festa da Independência.



Imagem de Nossa Senhora
, transportada pela ex-aluna Ismênia Firmino.

Essa imagem de Nossa Senhora da Conceição, pertence ao Sr. Luiz Galvão (localidade de Encosta de Dr. Salomão) e foi trazida de Portugal em 1820, por seu avô português.
Apesar da família Galvão ser de uma única origem, segundo pesquisa realizada, consta que esta mesma família Galvão espalhada também no no nordeste ,como os do Paraná e RS, se fixaram nessas regiões por ocasião de batalhas, guerras e ciclos do tropeirismo. (Depoimento na íntegra de Dra. Rosemary)



DR. João, conduzindo a espada que pertenceu ao seu pai - Momento histórico do Desfile em Aracoiaba.




Banda de Música de Aracoiaba - Esta Banda foi fundada pelo Dr. Salomão. Ele tinha um grande carinho por ela. Quando se referia aos seus músicos, ele os chamava de "meninos e meninas de ouro."



Este banner foi inaugurado no dia da Inauguração do Museu, 15 de agosto de 2009.Seu tamanho natural é 1:70m, altura de Dr. Salomão.



DRa. Rosemary, com muita alegria e emoção transportou o banner de Dr. Salomão durante o desfile...



Dra. Eugênia de Castro Moura, também transportou o banner de Dr. Salomão durante o desfile...



Foto do banner de Dr. Salomão de um ângulo muito próximo...




Homenagem que os alunos de Vazantes fizeram ao Dr. Salomão.



Palavras que lembraram as virtudes e qualidades de Dr. Salomão.




Pelotões variados durante o desfile... de outras escolas



















O Hino Nacional Original, completou esse ano seu centenário.
Nesta foto, Dra. Rosemary cantou o Hino Pátrio em sua originalidade, em sua primeira letra, defronte ao Palanque oficial.



Dra. Eugênia, ajudou Dra. Rosemary a cantar o hino nacional com sua letra original.







O gramofone é uma invenção do alemão Emil Berliner de 1887, que servia para reproduzir som gravado utilizando um disco plano, em contraste com o cilindro do fonógrafo de Thomas Edison. O GRAMOFONE DE NOSSO MUSEU, é datado de 1892 e pertenceu à família Moura Brasil, a que pertencia o Sr. João Moura, pai de Dr. Salomão e que ele trouxe para Aracoiaba (Encosta), quando se casou com Dona Otilia. Na época, era uma grande novidade, um aparelho reproduzir som e foi através desse gramofone, que Dr. Salomão aprendeu a gostar e valorizar a música e a poesia







Somos gratos a todas as escolas que desfilaram brilhantemente pelas ruas de Aracoiaba, demonstrando amor à nossa Pátria brasileira. Somos gratos também as escolas que homenagearam ao nosso Papa da Educação, o saudoso Dr. Salomão Alves de Moura Brasil.

Queremos agradecer o apoio e o incentivo da nossa prefeita municipal Dra. Marilene Campêlo Nogueira e da Superintendente do Patrimônio Histórico e Cultural de Aracoiaba, Dra. Rose Mary Santana Matos. Agradecemos também a escola Osvino Pereira, pela linda homenagem ao Hino Oficial do Município de Aracoiaba.

Ao povo hospitaleiro de Aracoiaba, a nossa gratidão.




3 comentários:

Museu Municipal de Aracoiaba disse...

Lusmar, não era em vão o valor que Dr. Salomão reconhecia em vc. Parabéns é pouco, para se homenagear e reconhecer um trabalho tão árduo e completo como esse do seu blog. Não encontramos palavras a altura, para lhe agradecer as horas que vc se dedicou ao registro dos fatos de nossa história e em especial nesse momento, ao DESFILE CÍVICO DE ARACOIABA EM 2009. QUE DEUS LHE DÊ SAÚDE E PROSPERIDADE, PARA QUE VC POSSA ESTÁ SEMPRE PRESENTE EM TODOS OS ATOS CÍVICOS DE ARACOIABA.

Lusmar Paz Leite disse...

Muito Obrigado, Rosemary!
É meu dever como filho legítimo de Aracoiaba, colaborar no progresso e no bem-estar do nossos conterrâneos.
Quanto ao trabalho da Festa da Independência, gostaria de tê-lo feito bem melhor, porém o problema de energia nos impediu de publicarmos as melhores fotos.
Mas, tudo bem, o importante é que homenageamos nossos estudantes aracoiabenses com esse humilde trabalho.
Viva Aracoiaba! Viva o povo bom e hospitaleiro de nossa terra!
Deus é um Pai maravilhoso!

JOSENI disse...

"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um 'não'. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..." Fernando Pessoa.


PARABÉNS!!

AS FOTOS POR SI JÁ FALAM O QUE FOI O DESFILE CÍVICO EM ARACOIABA (estou lisonjeado com suas palavras).